November 23, 2010
Átila, o Huno

Átila, o Huno, nasceu no séc. V e perdeu o pai muito novo. Como todos os Hunos do sexo masculino, aprendeu a montar a cavalo e a disparar com arco e flecha.
Foi criado numa sociedade profundamente supersticiosa, entre pessoas que cercavam os campos com cabeças de cavalos espetados em paus para afugentar os espíritos. Tornou-se muito atento a profecias e isso manteve-se durante toda a sua vida.
Átila, aprendeu a falar, a ler e a escrever latim no Império Romano, uma vez que este viveu lá uns tempos, no principio do séc. V. Admirava a rígida organização deste Império, no entanto tornou-se um inimigo de Roma.
Átila ficou conhecido como o “Flagelo de Deus”.
Constituiu um reinado de destruição e de terror: arrasou casas, torturou, matou e violou milhares de pessoas.
Conquistou um vasto Império que se estendia pelas regiões da Germânia, da Rússia, da Polónia e do Sudeste Europeu.
Aterrorizou o poderoso Império Romano com objectivo de acumular ouro e prata.
A lenda conta que os Hunos imergiam as setas no caldo de embriões cozidos, bebiam sangue de mulher e descendiam dos espíritos imundos do deserto. Foram estes bárbaros que mais aterrorizaram a Europa.

Bibliografia: Twiss, Miranda - Os grandes monstros da história - editorial estampa

  1. monstrosecompanhia posted this